ou


NOTÍCIAS

Análise de água constata três pontos contaminados com hepatite A no Vidigal

Imagem relacionada

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou hoje (10) que uma análise de água coletada no Vidigal constatou três pontos contaminados com o vírus da hepatite A e determinou o fechamento desses locais. Na última segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde informou que já foram notificadas 92 suspeitas de hepatite A no bairro, com a confirmação de 75 casos, o que já configura um surto localizado da doença.

A avaliação técnica da água coletada em 10 pontos foi encomendada pelo município ao Laboratório de Desenvolvimento Tecnológico em Virologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Os pesquisadores constataram a presença do vírus em um poço na Avenida João Goulart 759 e um lote de água mineral vendida em uma loja que funciona no número 753 da mesma avenida. Além desses dois endereços, foi detectada contaminação da água de um chuveiro da praia do Sheraton Hotel, na Avenida Niemeyer, que fica bem abaixo do morro.

O poço e o chuveiro serão fechados pela Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente e a loja, pela Vigilância Sanitária. Segundo a prefeitura, novas coletas estão sendo realizadas para identificar outros possíveis focos de contaminação.

Os moradores devem manter medidas preventivas como lavar as mãos e só utilizar água fervida e/ou filtrada para beber e preparar alimentos. Os reservatórios de água, filtros e garrafas devem ser higienizados com hipoclorito de sódio, que a prefeitura e a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) distribuem na comunidade.

Em nota, a Cedae informou que todas as análises de amostras coletadas na rede da companhia não constataram anormalidade na água.

Veja ainda:


11/01/2018

11/01/2018

11/01/2018

10/01/2018

10/01/2018

10/01/2018


 
Autor : Agência Brasil
Fonte : Agência Brasil










 

 

 

Desenvolvimento :